Voltar

Lua de Mel: 5 lugares da Bahia que você precisa considerar

Lua de Mel:  5 lugares da Bahia que você precisa considerar

Casamento é mais do que a realização de um sonho e a celebração de um momento que une definitivamente duas pessoas, assim como todo seu processo de construção não termina com uma festa. Tudo isso é apenas o começo.

Por tantos anos, momentos serão celebrados tendo como motivação o casamento. As mais variadas bodas são exemplo disso.

E a Petúnia Noivas  se orgulha de já ter feito parte desde o início do planejamento até a concretização desses momentos em centenas de casais e está preparada para outros tantos.

O post de hoje traz a última etapa de uma construção que leva anos: o casamento como evento, que teve como início a preparação do pedido de noivado. Sabe qual é essa etapa?

A lua de mel, que é a última etapa de um evento e o início de uma vida em unidade. Duas pessoas que deixaram de ser dois indivíduos e passaram a ser um casal. Marido e mulher, esposo e esposa, bem e bem, a forma com que se chamam passa a ser acessória.

E como a Petúnia Noivas tem seus clientes por toda a Bahia, trazemos hoje dicas muito legais de lugares que você deve considerar a realizar sua lua de mel. Lugares exóticos em outro países é muito legal, mas por quê não começar no Estado que já faz parte da história do casal?

Confira o que preparamos para você:

Cachoeira da Fumaça, no Vale do Capão (Crédito: Açoni Santos Fotogrfia)
Cachoeira da Fumaça, no Vale do Capão (Crédito: Açoni Santos Fotogrfia)

Chapada Diamantina

Chega a ser óbvio essa indicação, não concorda? Um verdadeiro paraíso do ecoturismo, lugar mais do que obrigatório para quem gosta de viver uma intimidade indescritível com a natureza.

Predominantemente cheia de verde, Chapada Diamantina tem alguns pontos de cerrado e caatinga.

Paisagens, histórias e mistérios se misturam e dispensam mais comentários.

Você pode saber muito mais sobre o que fazer em Chapada Diamantina ao acessar seu guia oficial.

 

Localizada a 27 Km do centro da cidade, a praia da vila de Ponta da Tulha é uma praia frequentada por muitos turistas no verão e tem bastante opções de cabanas e hospedagem (Crédito: Brasilhéus)
Localizada a 27 Km do centro da cidade, a praia da vila de Ponta da Tulha é uma praia frequentada por muitos turistas no verão e tem bastante opções de cabanas e hospedagem (Crédito: Brasilhéus)

Ilhéus

Gosta de aventura? E surfar? Ilhéus é um dos principais cenários do surf do Nordeste brasileiro. Possui lindas praias como a Milionários e a São Miguel, com águas calmas.

E quem é chocólatra encontra ali a primeira fábrica de chocolates caseiros do Brasil e o lugar onde os cacaueiros melhor se adaptaram para produzir seus frutos, que são a base do… chocolate.

E é em Ilhéus também que se encontra a Estrada Parque, considerada a primeira rodovia ecológica do Brasil, que tem como ponto de chegada a cidade de Itacaré.

No percurso da Estrada Parque são encontradas várias praias, de desertas e protegidas por costões às selvagens. Manguezais e cachoeiras também fazem parte da vista maravilhosa que incentiva inúmeras reflexões para o mais novo casal da Bahia.

Para saber mais sobre onde ficar e o que fazer em Ilhéus, visite o Portal Brasilhéus.

 

Expedições mostra o arquipélago e sua fauna, incluindo as baleias da espécie jubarte (Crédito: EBC/TV Brasil)
Expedições mostra o arquipélago e sua fauna, incluindo as baleias da espécie jubarte (Crédito: EBC/TV Brasil)

Caravelas

É a partir de Caravelas, desde um cais adornado por casarões e artes históricas, que se começa uma incrível jornada ao Arquipélago dos Abrolhos, formado por cinco ilhas, sendo quatro delas restritas, de desembarque proibido.

A Ilha Santa Bárbara tem um farol e é habitada.  Ilha Siriba ainda permite visitação, mas somente programada e integralmente monitorada. As demais são as ilhas Redonda, Sueste e Guarita.

O Arquipélago dos Abrolhos, reconhecido como Parque Nacional Marinho dos Abrolhos, é controlado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) com o apoio da Marinha do Brasil.

Lá é mundialmente conhecido por ser um dos melhores pontos de mergulho. As águas são cristalinas, com visibilidade de até 20 metros de profundidade.

Incontáveis espécies marinhas, naufrágios e uma incrível diversidade de corais são retratos memoráveis conquistados nessa viagem.

Entre Caravelas e o Arquipélago, os meios de transporte utilizados são: catamarã, lancha, traineira e escuna. O trajeto pode ser feito entre 2 horas e 4 horas.

Projeto Viaje Por Um Mundo Chamado Bahia tem como objetivo vender os destinos turísticos dentro do próprio estado (Crédito: Asfabe)
Projeto “Viaje Por Um Mundo Chamado Bahia” tem como objetivo vender os destinos turísticos dentro do próprio estado (Crédito: Asfabe)

Lagos e Cânions do São Francisco

Paulo Afonso, Abaré, Glória, Rodelas e Santa Brígida são cinco cidades que compõem a região. A primeira é a porta de entrada e explora o turismo de aventura e o ecoturismo.

As riquezas do “Velho Chico” foram parcialmente retratadas em uma das novelas globais de maior audiência na atualidade. A trama da novela misturada com a realidade de um casamento é uma mistura bastante interessante.

Esportes radicais, trilhas, passeios no cânion, polos de piscicultura e instalações da Companhia Hidroelétrica do São Francisco (CHESF) devem fazer parte do roteiro.

O portal Bahia traz muitas informações relevantes sobre o local. Confira.

E desbravando o São Francisco você tem a oportunidade de conhecer várias cidades, culturas e povoados que carregam uma riqueza histórica imensurável. Ótima opção para quem quer uma longa e aventureira lua de mel.

 

 

Na Praça Central da cidade, chuveiros e torneiras para abastecimentos (Crédito: Etapa Bahia)
Na Praça Central da cidade, chuveiros e torneiras para abastecimentos (Crédito: Etapa Bahia)

Caldas do Jorro

Para os casais que buscam tranquilidade para descansar de todo o processo que foi até o dia do casamento e recarregar as energias para a nova vida, Caldas do Jorro é a melhor escolha.

É um verdadeiro oásis do sertão baiano, onde em meio a caatinga brotam águas termais com propriedades terapêuticas comprovadas. Possui grande poder curativo e são indicadas para o tratamento de variadas doenças. Há quem diga que seja a melhor fonte de água do Brasil e comparável com as melhores do mundo.

Por conta da temperatura das águas, o inverno sugere relaxantes e curandeiros banhos termais.

Distrito da cidade de Tucano, Caldas do Jorro possui uma boa infraestrutura hoteleira, que agrada a todos os tipos de gostos e bolsos.

Assista a um vídeo muito bacana produzido com a população da cidade de Tucano que relatam as maravilhas do lugar. Clique aqui para abrir no Youtube.

 

E você, diante tantas opções valiosas, já se decidiu para onde ir?

Comentários não são permitidos.